Marcel Benedeti

Marcel Benedeti

  MARCEL BENEDETI    Marcel Benedeti (1962 - 2010) nasceu em Barueri, na grande São Paulo. Nascidos em uma família...

Marcel Benedeti

 

MARCEL BENEDETI

 

 Marcel Benedeti (1962 - 2010) nasceu em Barueri, na grande São Paulo. Nascidos em uma família de operários e agricultores, durante sua infância viveu com simplicidade, mas desde esta época já sentia sua ligação com os animais. Ele estava sempre observando a natureza e se maravilhava com ela.

 
Curioso desde a infância, ele gostava de observar os insetos, as aves do céu e já se interessava por estudos relacionados aos animais. Por isso quis estudar para se tornar veterinário. Sem recursos financeiros para pagar uma escola particular, sempre estudou em escolas do estado ou da prefeitura. Tendo uma formação escolar fornecida, então pelo Estado, Marcel Benedeti sentia que teria dificuldades em atingir o seu objetivo de entrar para uma boa faculdade de veterinária. Por isso, esforçou-se ao máximo, estudando em casa, pois não tinham recursos para pagar um curso pré-vestibular, aprimorou-se e conseguiu uma vaga na UNESP de Botucatu, onde ele viveu 5 anos, até completar o curso de Medicina Veterinária. Logo que se formou, passou a atender em diversas clínicas particulares até poder abrir a sua própria com recursos mínimos. Ao abrir sua clínica, em seu próprio bairro, logo vieram os clientes. No entanto o bairro em que morava era pobre, na periferia e não permitia que as pessoas pudessem dispor de recursos financeiros para bons tratamentos e cirurgias. Muitas vezes, se viu obrigado, pelas circunstâncias, a atender os animais sem receber por seu trabalho, pois não podiam pagar por ele.
Marcel fazia consultas, cirurgias e até dava medicamentos às pessoas carentes, que mal tinham o que comer em casa, para que seus animais não sofressem ainda mais. Não raras vezes, seu sono era interrompido por alguma emergência, no meio da madrugada, para atender algum animal de alguma favela da periferia de São Paulo. 
Já adulto, acidentou-se e acreditou que não sobreviveria. Desde então se tornou uma pessoa ainda mais espiritualizada. Foi daí que surgiu o primeiro livro, vencedor de um concurso literário. O conteúdo chamou a atenção das pessoas por causa da visão mais espiritualista sobre os animais e foi, então convidado a participar de um programa de rádio, para fala sobre os animais.
 
    O programa, “Nossos Irmãos Animais”, até então único no gênero, apresenta os animais como seres inteligentes e sensíveis, que são capazes de compreender as nossas ações sobre eles. Com o programa, Benedeti conseguiu mudar os pontos de vistas de milhares de pessoas que se tornaram vegetarianas, por simples demonstração de respeito a estes seres, que passaram a ser mais bem compreendidos.
 
    Milhares de pessoas que não davam importância aos seus animais passaram a respeita-los e a trata-los com a dignidade, que merecem, tanto quanto nós.
 
    Marcel foi alvo de diversos detratores da ideia de que os animais são seres inteligentes e sensíveis. Se manteve firme em suas convicções e continuou a trabalhar em prol da ampliação desta consciência, que criou com seus livros e com seu programa de rádio. Ainda na tentativa de ampliar esta consciência nas pessoas, criou, juntamente com outras pessoas que compartilhavam dos mesmos ideais, uma associação (a Asseama), que tem como objetivo educar as pessoas através de cursos, que envolvem o aprendizado da ética no trato com os animais.
 
    Através desta associação, Marcel conseguiu arrecadar rações e medicamentos, que distribuía aos animais carentes, contribuindo assim na salvação de milhares de vidas.
 
    Certo de que a educação era o caminho correto para uma vida melhor e mais digna aos animais e pessoas, Marcel  acreditava que ampliando o seu pequeno projeto de educação ética, ministrado na associação, os horizontes da dignidade humana para com os animais se ampliaria.
Por isso, o seu desejo de aplicar em seus projetos políticos as ações, que ele reconhecia como bem sucedidas. Seu objetivo era ver os animais sendo tratados com dignidade e respeito, e acreditava que um crime cometido contra um animal tem a mesma gravidade de um crime cometido contra uma pessoa.
 
    Entre os  principais projetos de Marcel Benedeti, incluía a criação de delegacias de proteção animal com os mesmos poderes de polícia que as delegacias de proteção às pessoas, bem como a criação de clínicas e hospitais públicos para atender animais, cujos donos, que Marcel prefere chamar de tutores, (pois ninguém pode ser dono de ninguém), não pudessem pagar por consultas e tratamentos em clínicas e hospitais veterinários particulares.
 
    Marcel proferiu palestras, que visavam ampliar as consciências das pessoas sobre os animais, mostrando a elas que os animais são sensíveis e inteligentes, que são capazes de compreender o que fazemos de bom e de ruim a eles e que eles sofrem quando são maltratados. Ele sabia que não poderia mudar o mundo do dia para a noite, mas sabia que poderia muda-lo, cedo ou tarde, bastando para tanto dar o primeiro passo.
 
    Marcel Benedetti desencarnou em 1º de Fevereiro de 2010, aos 47 anos, deixando um legado de amor aos animais e obra maravilhosa.

 

LIVROS DE MARCEL BENEDETI

 

Os livros de Marcel Benedeti foram editados pela Editora Mundo Maior.
Veja o book trailer dos livros:

 

 

 

TODOS OS ANIMAIS MERECEU O CÉU (2004): Primeiro livro da série de Marcel Benedeti que aborda temas relacionados à vida espiritual dos animais. A eutanásia, a reencarnação, o regresso dos animais para o plano espiritual e os mecanismos de retorno à dimensão física nos momentos que antecedem o nascimento. A obra relata também a existência de colônias que cuidam dos animais na espiritualidade e os trabalhos das equipes espirituais que cuidam desses seres especiais. A leitura agradável conduz a esclarecimentos inéditos e conforta ao mostrar que nós e nossos queridos animais temos a proteção dos Amigos da Espiritualidade, que nos auxiliam na jornada evolutiva, nesta ou em outra dimensão. Uma obra que é um marco sobre esse tema dentro da literatura espírita.

 

 

 

TODOS OS ANIMAIS SÃO NOSSOS IRMÃOS (2005): Dando continuidade à obra Todos os Animais Merecem o Céu, o autor relata nessa obra com detalhes o que acontece com os animais na espiritualidade. Aborda temas que envolvem o suicídio entre eles, a dor e o sofrimento dos animais de laboratório, além de apresentar a teoria da evolução das espécies pelo ponto de vista espiritual. Conheça a colônia “Rancho Alegre”, onde os animais são socorridos e amparados após o desencarne e a importância da energia dos encarnados na recuperação deles.

 

 

 

 

HISTÓRIAS ANIMAIS QUE AS PESSOAS CONTAM (2006): Narrativas inspiradas em histórias reais dos animais e suas relações com os seres humanos. O autor relata nessa obra fatos do cotidiano desses irmãos acompanhados de grandes lições de vida, interpretados à luz dos ensinamentos da Doutrina Espírita. Lindos casos que vão emocionar os leitores e os levarão a refletir o quanto podemos aprender com o exemplo daqueles que muitos julgam ser animais irracionais.

 

 

 

 

QUAL A SUA DÚVIDA PARA O TEMA: A ESPIRITUALIDADE DOS ANIMAIS (2007): Todos os animais são nossos amigos? Quais são os mais evoluídos? Os animais reencarnam? O leitor encontrará respostas para essas e outras dúvidas nesta obra, que trata do lado sensível dos animais. Constituído de perguntas e respostas, o livro trata a respeito da espiritualidade dos animais e tem como objetivo esclarecer sobre as condições de evolução espiritual deles em nosso planeta. "Os animais domésticos são vossos companheiros de existência terrestre; como nós, eles vieram progredir, estudar, entender, aprender! (...)”  (Cairbar Schutel, em "Gênese da Alma").

 

 

 

ERRAR É HUMANO, PERDOAR É CANINO (2007): A obra aborda aspectos interessantes a respeito do processo de mudança de espécies, histórias de amizade e fidelidade aos donos. O que acontece com os animais que estão prestes a nascer e são surpreendidos com um aborto e situações que impedem seu nascimento. A percepção para situações de perigo e ainda uma interessante discussão sobre os animais serem irracionais ou racionais.

 

 

 

 

OS ANIMAIS CONFORME O ESPIRITISMO (2008): Após anos de pesquisa em desdobramento no mundo espiritual, trouxe algumas informações que umas poucas pessoas, no meio espírita, têm contestado. Com o objetivo de mostrar a coerência com os Princípios Doutrinários e o alinhamento destes livros com o Espiritismo, Marcel lançou mais esta obra, que mostra um exaustivo trabalho de pesquisa em algumas obras de Kardec, ("O Livro dos Espíritos""O Evangelho Segundo o Espiritismo""O Livro dos Médiuns""A Gênese""Obras Póstumas""O que é o Espiritismo"), e incluindo algumas matérias publicadas na "Revista Espírita" nas quais há uma referência direta ou indireta sobre os animais.

 

 

 CURANDO ANIMAIS COM HOMEOPATIA (2009): Conheça a arte de enriquecer e fortalecer as defesas naturais do organismo do seu animal de estimação. Encontre aqui, uma opção saudável e funcional para amenizar ou até mesmo curar vários sintomas e emocionais do seu animal. Conheça o poder desse tratamento.

 

 

 

 

 

 

 DE JESUS A CHICO XAVIER (2009): A obra trata de forma simples a evolução da Doutrina Espírita, seus avanços e suas manifestações durante a história dos homens através da atuação de um princípio inteligente, que demonstra o plano espiritual atuando em diversas histórias marcantes para esse estudo. A história inicia-se com a vida do Mestre Jesus, desde o seu nascimento até o seu desencarne. Relata momentos importantes e manifestações que hoje são compreendidas de forma diferente e não mais perseguidas ou desprezadas como nos tempos antigos. Como não poderia deixar de ser, o livro conta a história de Chico Xavier, sua trajetória e seu trabalho incansável desde sua pobre infância até que fosse reconhecido e que pudesse ele mesmo, se dedicar ao estudo do Espiritismo.

 

 

 

 

 MEUS AMIGOS INTELIGENTES (2010): Se no passado, os animais eram vistos como objetos sem ação, que nada entendiam e que viviam pelo instinto, atualmente são considerados membros da família e grandes amigos. Descobertas recentes demonstram que eles não somente são inteligentes, mas possuem sentimentos, consciência de si e entendimento de sua situação como seres dependentes dos seres humanos. Meus Amigos Inteligentes apresenta informações fascinantes a respeito dos animais. O público vai se encantar com histórias emocionantes que demonstram a inteligência, os sentimentos e as reações desses amigos diante de situações e acontecimentos da vida. “A inteligência é assim o ponto de encontro entre a alma dos animais e a alma dos Homens.” (Allan Kardec, em "O Livro dos Espíritos", pergunta 604-a).

 

 

****************************************************************************

A ESPIRITUALIDADE DOS ANIMAIS

por Marcel Benedeti

     Esse ainda é um tema polêmico no meio Espírita porque muitas pessoas não creem ou não querem crer que os animais tenha espírito, possuam alma, que sejam inteligentes, que sofrem, sentem, podem ser compassivos, que são assistidos pela espiritualidade superior, que vivem nas colônias espirituais, que reencarnam, evoluem e que, algum dia, chegarão ao patamar da Humanidade.
     No entanto, crendo ou não, aceitando ou não, as verdades nunca deixarão de existir, mesmo à revelia de muitos que não aceitam que já estivemos nas fileiras da animalidade.
Emmanuel, no livro de mesmo nome, diz: "Com o desenvolvimento das ideias espiritualistas, torna-se um estudo obrigatório [...] o problema que implica o drama da evolução anímica.
Como o objetivo é o estudo dos animais, sinto-me à vontade para declarar que todos nós já nos debatemos no seu acanhado círculo evolutivo. Os animais são nossos parentes próximos apesar da teimosia de quantos persistem em não reconhecer".

Que animal é este?
     É comum ouvir dizer de pessoas que não acreditam que os animais tenham alma ou que exista algum local no Mundo espiritual especial para eles, como se nós mesmos não fôssemos animais. Apenas a título de um pequeno exercício inicial, perguntamos: que animal é este?
     Ele é fraco, sem garras, tem dentes fracos. Possui habilidade para fazer ferramentas; vive em bandos. Antigamente existiam várias espécies que competiam entre si e a raça mais forte e carnívora acabou desalojando e matando as outras de sua espécie. Hoje, somente há uma espécie restante, pois os vegetarianos, que eram pacíficos, foram exterminados por esses outros: os carnívoros agressivos.
     Que animal é este, que diante do perigo, esvazia os intestinos, para se tornar mais leve, para se tornar mais ágil; tem suas pupilas dilatadas diante do perigo para poder visualizar melhor o inimigo e assim atacar ou defender-se?
Que animal é este que mata para defender seu território e luta até a morte contra o seu predador e mata também por diversão e por prazer, mesmo quando não tem fome?
     Somos nós mesmos!
     Isso é para nos fazer lembrar que ainda somos animais.


trecho do livro "Qual é a sua dúvida para o tema: A Espiritualidade dos Animais"
páginas 253 à 255
Mundo Maior Editora.

 

**************************************************************************

 

VÍDEOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários